Coletivo PM-BM demonstra força e Tenente Coronel PM Ciro é convidado para o senado pelo PRTB

TC falando do coletivo PM-BM aos guardas de trânsito de Imperatriz

Por que surgiu o nome do TC Ciro?

A verdade é que o Coletivo PM-BM tem alavancado no meio dos policiais e bombeiros militares.

O blog teve uma conversa informal com o Tenente Coronel Ciro, pré-candidato a deputado estadual pelo projeto Coletivo PM-BM. O militar falou do projeto e suas perspectivas para a família militar.

Entre os assuntos estava a viabilidade da candidatura do Coletivo PM-BM, o primeiro coletivo de direita do Brasil. Ciro é um defensor de primeira hora do presidente Jair Bolsonaro, além de militar, ele faz parte do movimento de motoqueiros Bodes e Patriotas do Asfalto em São Luís, formado por motociclistas alinhado à direita bolsonarista.

Por conta da vinda do presidente Jair Bolsonaro a Imperatriz-Ma, Ciro e os motoqueiros vieram a cidade para participar da motociata do presidente.

Na conversa, entre outras questões, o blog ouviu do TC Ciro que ele está sendo cogitado a concorrer uma vaga no senado federal. Mas, o que está por trás dessa articulação política?

Bem, o cenário político do cargo de senador terá dois nomes de peso na política maranhense, o ex-governador Flávio Dino e o atual senador Roberto Rocha. Dino, tem uma boa vantagem em relação a Roberto Rocha. Na última pesquisa, Flávio Dino (PSB) pontuou com 45%, Roberto Rocha (PTB) com 27% e o Pastor Bel (Agir 36) com 5%, conforme, a pesquisa TV Record/RealTime Big Data. (Gazeta do Povo).

No entanto onde entra o TC Ciro nessa jogada?

Ciro tem boa entrada na região dos Cocais, onde comandou por vários anos a região. A ciência seria a seguinte: Com a entrada de Ciro no jogo e uma crescente rejeição de Flávio Dino e um individualismo de Roberto Rocha, surgiu uma lacuna para ser preenchida por um verdadeiro representante de direita.

O blog vai acompanhar esse cenário para verificar se haverá essa confirmação.

Ciro com os Guardas Municipais em Imperatriz e

TC Ciro conversando do projeto aos PMs do 3 BPM

 

 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.