Suspeitos da morte do Tenente coronel Ronilson são presos

O Serviço de inteligência da PMMA efetuou a prisão dos suspeitos do homicídio que vitimou o Tenente Coronel da PMMA, RONILSON GOMES PINTO, ocorrido na tarde do dia 28/01, na Rua 3 do Residencial Pinheiros. Um dos suspeitos CLEYTON SILVA DE SOUSA, Vulgo Doía, estaria homiziado no Residencial Piancó VIII e WELYSON FILIPE DE ABREU, Vulgo Lipe, foi encontrado na Rua 2, ambos do bairro Vila Embratel. Ambos confessaram a participação no crime que vitimou fatalmente o Tenente Coronel, além de cometerem assaltos em vários bairros na capital. Na ocasião, foi encontrada Amanda Maria Lopes Paz, a companheira do principal suspeito em ter desferido os disparos de arma de fogo, ARLYSSON CARDOSO LINDOSO, Vulgo Neném. Ela relatou aos pms que ARLYSON teria praticado o crime. Ela foi conduzida a delegacia prestar maiores esclarecimentos. Também foi conduzido RADSON BARBOSA MIRANDA, Vulgo Nhok, que de acor com as investigações foi contratado por ARLYSSON para levar a companheira deste em um local onde se encontrariam. Na abordagem dos policiais, RADSON arremessou o celular em via pública, sendo assim o aparelho celular não foi mais encontrado pelos pms.
O principal suspeito de ter atirado no oficial, Neném, resolveu se apresentar na delegacia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *