Boa iniciativa: Cabo Campos solicita e Dino atende: “Vamos fazer aulas gratuitas para concurso da PM”

O governador Flávio Dino atendeu, nessa segunda-feira (27), indicação do deputado estadual Cabo Campos que trata da disponibilização de aulas gratuitas aos candidatos do concurso da Polícia Militar do Maranhão (PM-MA).

“Vamos fazer aulas gratuitas de revisão visando ao concurso da PM. Detalhes serão divulgados hoje. Atendemos à sugestão do deputado Cabo Campos”, anunciou Dino através da sua conta no Twitter.

Campos disse que a iniciativa garantirá aos estudantes que não têm condições de custear cursos a oportunidade de se prepararem melhor para a primeira etapa do concurso, marcada para o dia 17 de dezembro.

“A função parlamentar é proporcionar equilíbrio. Existe uma parcela da população que tem condição de pagar um cursinho. Já uma outra parte não tem essa condição. Falei com o governador a respeito da ideia e ele prontamente atendeu a nossa sugestão”, contou.

O deputado Bira do Pindaré, ex-secretário de Estado da Ciência, Tecnologia e Inovação, endossou a proposta do deputado Cabo Campos. “Quero parabenizar o deputado Cabo Campos. Indicação que é muito importante nesse momento em que milhares de pessoas se preparam para esse concurso tão esperado”, frisou.

O concurso, bastante aguardado por maranhenses, está atraindo também candidatos de outros estados. A alta procura deve-se a um fator já previsto pela Associação Nacional de Proteção e Apoio aos Concursos (Anpac): queda nas contratações do setor público.

Segundo a Anpac, o baixo orçamento da União, Estados e Municípios reduziu, consideravelmente, os postos de trabalho nos poderes Legislativo, Executivo e Judiciário. A associação previu abertura de 85 mil vagas este ano, quinze mil a menos que em 2016.

Com a realização do certame, além do desemprego, o Governo do Maranhão diminuirá o déficit histórico de policiais no Estado, fortalecendo o sistema de segurança pública e contribuindo de forma direta com o combate à violência.

“Eu tenho 22 anos de caserna e mais três de reforma. Sei o quanto é honroso fazer parte dessa corporação. Em 1992, estava entrando nela. Agora, mais 1.214 homens e mulheres passarão a vestir nossa farda. A segurança pública agradece”, finalizou Campos.

Fonte: http://www.al.ma.leg.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *