Com champanhe e fogos de artifícios militares comemoram a queda do Comandante Geral da PM

queda do cmt geral

Militares em São Luís comemoram a queda do Comandante da PM

Após a queda do ex-Comandante da PM, Coronel Alves, militares de várias partes do Estado comemoraram a sua saída do comando da Corporação.

queda do cmt geral1

Deputado Cabo Campos e a presidente da associação das esposas comemoram

Em São Luís os militares se concentraram próximo ao QCG(Quartel do Comando Geral) e fizeram a festa com champanhe e fogos de artifícios em comemoração à derrocada do Comandante da PM. O deputado Cabo Campos esteve presente e a festa foi articulada pela associação das esposas.

queda do cmt geral3

Associação das esposas

Em Bacabal no 15º BPM, os policias militares comemoraram também a saída do oficial.

queda do cmt geral2

Policiais do 15º BPM

8 thoughts on “Com champanhe e fogos de artifícios militares comemoram a queda do Comandante Geral da PM

  1. Esse não é o momento de comemorações mediáticas políticas, ou de exposições de fogos chapangne. O momento é de reflexão. . de análises de fatos que aconteceram sem que determinadas lideranças se manifestassem em defesa daqueles que jurou defende los..É momento de sabermos que de uma vez por todas, só a união faz a força e a força é o único meio de movermos os obstáculos, de afastarmos quem se julga acima do bem e do mal, e mudarmos nossos conceitos com relação a esperarmos de pseudas lideranças que essas ajam a nosso favor..Peguemos nossas armas (a inteligência ) municiamos as (com a coragem) e partamos para a guerra. Que Deus nos ajude sempre.

  2. E o que vai mudar com essa substituição? todos deveriam refletir, será que o novo comandante vai revogar a nomeação do TCel Miguel Neto ao Cargo Chefe do Estado Maior da PMMA, bem como da transferência do Cabo Bandeira vitima de agressão do Oficial em tela? O Deputado Cabo Campos terá coragem de fazer uma Convocação do Cel Alves junto à Comissão de Segurança da qual ele é Presidente? E para finalizar, até o momento o Gov. Dino ainda não se pronunciou no que diz respeito ao aumento salarial do funcionalismo público que também inclui a PMMA e o BMMA!

  3. O Coronel Pereira quando aqui trabalhou (Imperatriz) foi um oficial serio espero que o poder não mude o seu carate, pós precisamos de CMT, que respeite a todos, do antigo ao mais moderno, começando por essa promoções que estão atrasadas acabar com essa perseguições besta, cujo foram o estopim da queda do CEL. Alves, Esperamos que ele não seja apenas um CMT, mais tambêm um lider para cobrar do Governo melhorias para todos eu digo todos mesmo do oficial ao praça. estamos de OLHO.

  4. Cabo Lopes, sabias palavras, concordo com seu posicionamento. Aproveitemos esse momento, para refletirmos, onde erramos e procuremos corrigir, pregar a união, entre todos da corporação, sem distinção, entre PRAÇAS e OFICIAIS, para juntos buscarmos solucionar nossos problemas que são vários. As associações e seus Lideres, buscam a união para convergirmos com o mesmo objetivo, pois, somos uma família com pais e filhos, espalhados por todo estado, muitos, jogados a própria
    sorte.

  5. Chega a ser cômica a movimentação desse Dep comemorando exoneração de Comandante como conquista. Deveria ela lutar pela classe, coisa q n faz. Tá caladinho, comendo no tacho de Flávio Dino. Obs: publique o comentário

  6. seria cômico se não fosse triste, esta manhã ouvir um audio com a voz do cabo campos, onde diz abrir champanhe e soltar foguetes pela substituição do comando. outro dia neste mesmo espaço, utilizei poucas linhas, pra defende-lo dos ataques feitos neste blog ao deputado. hoje venho pedir oração ao irmão campos, como alguém fica feliz com o sofrimento de outro. não há diferença quando o comportamento e os métodos são os mesmos. onde está a mudança pelo exemplo, será que são os foguetes? o perdão é a champane. é preciso desarmar o coração do ódio, da vingança. espero que seja publicado.

  7. O que vcs queriam, vindo de uma pessoa que se elegeu pregando o discurso de ódio aos oficiais, que hoje virou às costas para os ideais e para a bandeira que defendia, uma pessoa que só se pronuncia pra tirar proveito eleitoral e eleitoreiro, prova disso é a situação de Bacabal, que envolveu a OAB, depois que a instituição deslocou uma comissão pra verificar a questão do desrespeito à prerrogativa do advogado, é que ele se apressou em fazer uma representação, e publicar nesse Blog.
    Hoje o que necessitamos urgentemente, é de uma reparação salarial, vejam o caso de quem ganha um salário mínimo, teve um aumento agora de mais de 10%, e isso ocorre, para acompanhar as perdas salariais e aquisitivas ocasionadas pela inflação.
    Senhores, o momento é de União, os círculos de Oficiais e Praças nunca vão acabar enquanto existir a Polícia Militar, pq não iniciarmos uma luta para que retornem os índices do antigo escalonamento vertical, incluindo ainda uma DATA BASE, que possibilite pelo ao menos a Reposição Inflacionária, isso é legal, tem previsão constitucional, reflitamos, tenhamos serenidade e maturidade para reconhecer nossos erros, uma caminhada se faz com um passo de cada vez.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *