Dois pesos e duas medida: Cadê a Secretaria de Segurança Pública e o Comandante Geral da PM que não se manifestaram sobre o caso em Bacabal?

praças x oficiais

A ocorrência que aconteceu entre o Tenente Coronel Miguel Neto(Ex-comandante do 15º BPM) e o Cabo Bandeira em Bacabal, ganhou ampla repercussão nas redes sociais, blogs e na imprensa em geral.  Na ocasião num ato de total descontrole e despreparo por parte do oficial, o mesmo apontou sua pistola na cabeça do cabo na presença do seu advogado. (Veja Aqui )

Uma Comissão da OAB deslocou-se até a cidade de Bacabal para apurar de perto o caso.

Nesse intervalo, até o momento a Secretaria de Segurança Pública e nem o Comandante da Polícia Militar emitiram alguma nota a imprensa e nem tão pouco deram alguma entrevista aos meios de comunicação sobre o ocorrido.

O que está acontecendo? Por que em todos os eventos que tem envolvimento de policias militares, desde o ano passado, a primeira coisa que a cúpula da SSPMA tem feito é a divulgação de notas oficias sobre os fatos.  A pergunta é: O porquê dessa distinção neste caso concreto que envolveu um oficial superior e comandante de uma Unidade Militar? Qual o motivo do silêncio?

Relembrando

Vitória do Mearim

No município aconteceu a execução do mecânico Irinaldo pelo vigilante que trabalhava com os policiais. Horas depois os policias militares(Praças) foram presos e a Secretaria de Segurança Pública por meio de nota se manifestou sobre o caso. Resultado: Os militares ainda estão preso aguardando julgamento. Veja trecho da nota da SSPMA.

NOTA

“Sobre o assassinato do suspeito de praticar assalto Irinaldo Batalha, 35 anos, no município de Vitória do Mearim, na última quarta-feira (28), o Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado de Segurança Pública, esclarece que:

2- A Polícia Militar instaurou processo administrativo para investigar a participação dos policiais militares, que, conforme mostram as imagens, deram cobertura para a prática criminosa e determinou apresentações imediatas ao Comando Geral da corporação;

São Luís, 29 de maio de 2015.

Secretaria de Estado da Segurança Pública” (http://www.blogdojorgearagao.com.br)

Observem bem o ponto 2 da nota: A Secretaria afirma que a PM “instaurou processo administrativo para investigar a participação dos policiais militares” que de acordo com as imagens os PMs deram “cobertura” ao crimino. E diz ainda que determinou ao Comando da PM à apresentação dos militares no QCG(Quartel do Comando Geral). Até aí tudo bem, foram tomadas as providencias necessárias para o caso concreto. Vejam que a ordem de prisão foi baseada conforme as imagens divulgada amplamente na internet e na imprensa maranhense e que ganhou repercussão nacional.

Reintegração de posse na Vila Luizão

Outro caso de grande repercussão foi a morte de um manifestante na reintegração de posse na Vila Luizão. No mesmo instante dois policiais militares foram presos acusados pela morte do manifestante. Mesmo sem nenhuma apuração e investigação em andamento tanto o Secretário de Segurança como o Comandante da PM falaram em entrevista sobre o ocorrido. Veja a nota divulgada na imprensa.

Leia a íntegra da nota abaixo:

“Em cumprimento de ordem judicial, a Polícia Militar do Estado do Maranhão deflagrou na manhã desta quinta (13) operação para desocupação de prédio em área urbana, no Turu. Sem ordens superiores e em descumprimento à lei, o cabo Marcelo Monteiro dos Santos, que integrava a operação, disparou tiro contra um dos manifestantes que, infelizmente, veio a óbito.

O Governo do Estado do Maranhão repudia veementemente a ação isolada do policial, o qual já se encontra preso e será autuado em flagrante delito na Delegacia de Homicídios. Ele responderá a processo, que vai apurar responsabilidade do cabo que efetuou o disparo e do comandante da operação.

O Estado do Maranhão informa ainda que prestará toda a assistência necessária à família da vítima através da Secretaria de Estado dos Direitos Humanos e Participação Popular.” ( http://g1.globo.com/ma)

A Nota não deixa dúvida quando de imediato já determinaram o culpado pela morte do manifestante. Ela fala que “sem ordens superiores e em descumprimento à lei, o Cabo Marcelo Monteiro dos Santos(…) disparou tiro contra um dos manifestantes(…). Vejam que a cúpula da Segurança agiu rápido para dá uma resposta, contudo após o laudo do exame de balística, constatou-se que nenhuma das armas apreendidas foi a arma que matou o manifestante.

Caso em Bacabal

Não dá para entender o porquê desse silêncio por parte da cúpula da Segurança no caso em Bacabal. Vamos fazer algumas reflexões.

Primeiramente, no local houveram indícios suficientes de cometimento de crimes militares. As imagens por si só já dizem tudo. Em Vitória do Mearim as imagens foram suficientes para prender os policiais militares, e por que as imagens do ocorrido em Bacabal não foram suficiente para prender o Tenente Coronel Miguel Neto? Pois as imagens estão claras e mostra o momento que o oficial aponta a arma na cabeça do cabo.

Até então havia sido noticiado na imprensa a prisão do oficial, porém tudo indica que o mesmo não foi preso ou detido. O Blog do atual 7 e todas as redes sociais dos militares, dão conta que o Tenente Coronel está livre e curtindo férias em São Luís. Veja Aqui o que o blog do Atual 7 publicou em seu web site.

Tenente-coronel  Miguel Neto curte com o Major Sales Neto de decisão de afastamento do cargo por apontar arma para cabo e advogado dentro do 15º BPM de Bacabal

(…) “o deboche do tenente-coronel Miguel Neto deve gerar nova crise no Sistema de Segurança Pública do governo Flávio Dino, pois expõe de forma clara a diferença de tratamento dado pelo Comando Geral da PM-MA aos praças e aos oficiais.

Diferença de tratamento essa que pode ser lembrada no caso que ocorreu no ano passado na Vila Luizão, em São Luís, quando Dino e o titular da SSP, delegado Jefferson Portela, apressaram-se em lançar nota acusando cabos pela morte de um jovem. Como agora envolve um tenente-coronel, comandante do 15º BPM de Bacabal, o governo permanece em silêncio e sob suspeita de, em vez de afastamento “(http://www.atual7.com)

Vejam que o próprio blogueiro faz essa mesma observação no tratamento diferenciado entre os praças e oficias da PM pela Cúpula da Segurança Pública e o Comando da PM.

A pergunta deve ser feita ao Comandante da PM. Por que o oficial não foi preso em flagrante, já que houve fortes indícios de crime militar? Será se fosse o contrário o Cabo Bandeira estaria solto e curtindo férias? A resposta é simples, não. O Cabo estaria nesse momento preso no “Manelão” presídio da Polícia Militar.

O que se observa é que parece que há dois pesos e duas medidas quando o fato acontece com um praça e um oficial. Para os praças prisão, exposição pública, acusação e julgamento mesmo antes de se apurar e investigar. Ao oficial afastamento e férias.

Aqui o blog não está fazendo generalizações e nem sendo corporativista, apenas estamos falando de justiça, imparcialidade e não corporativismo. Por que independente do posto ou graduação um fato como esse deveria ser tomado de imediato os procedimentos legais contra quem cometeu crime.  O fato é que está havendo um silêncio com relação ao caso pela cúpula da Segurança Pública.

Talvez as coisas terão outra direção por que a OAB do Maranhão está na luta, caso contrário o Cabo poderia ainda ser acusado de crime.

O Blog vai aguardar o desenrolar dos fatos e espera-se que a imparcialidade seja usada, por que o corporativismo está bem claro.

8 thoughts on “Dois pesos e duas medida: Cadê a Secretaria de Segurança Pública e o Comandante Geral da PM que não se manifestaram sobre o caso em Bacabal?

  1. Se fosse o Praça, já teria saído nota na imprensa ,falando da prisão em flagrante do policial e o comentário que esse tipo de câncer tem que ser extirpado da instituição.

  2. Rapaz, pelo amor de Deus. Não sejamos Burros. A prioridade não é punir esse oficial imbecil. A prioridade é a briga por melhoria salarial. Não adianta nada crucificar este oficial idiota e nós ainda estarmos Miseráveis cheios de conta pra pagar e sem ter condições. Na PC veio os aumentos, no BM veio a enchorrada de promoções e a PM tá na merda e fica cobrando o apedrejamento desse infeliz. Cobrem o que é importante bando de analfabetos.

  3. Ebenilson, o fato em tela é grave, do ponto de vista, da arma que foi empunhada, mas, tem algumas perguntas que não quer calar. Porque o Advogado, foi levado ao gabinete?; Existia alguma oitiva em andamento, que justificasse a presença de um causídico?; O Cabo, estava sofrendo ou prestes a sofrer alguma restrição em seus Direitos Constitucionais?; Porque a filmagem, já que a imagem da pessoa é um direito constitucional de cada um?. Será que com esse foco todo nesse episodio, não é para desviar nossa atenção do fiasco com a comissão se Segurança Pública, que nadou,nadou e morreu na praia e o Deputado Cabo Campos, que não disse ainda, o que, foi fazer na assembleia, além de um salario de 42.000,00 por mês e beneficiar alguns assessores com gordos salários. A Hierarquia, existe em toda instituição(militar ou civil) e tem que ser respeitada,pois, caso contrario, vira um cabaré, onde tudo pode e todos metem, as mãos,os pés e tudo que puder.

  4. Vcs se preocupam só com aumento e esquecem as responsabilidades,por isso que a instituição ta virando essa bagunça. Infelizmente essa é a verdade! Tem gente que antes viviam com um salario minimo e vivia bem, agora ao invés de agradecer e honrar a farda fica reclamando.
    Meus amigos Temos que lutar pelos nossos direitos mais não podemos perder a dignidade. Hoje o principal problema são as injustiças, perseguições,abusos em geral, isso sim tem que ter prioridade.

  5. NÓS, CONCLUDENTES DO CURSO DE FORMAÇÃO DE SOLDADOS, FORMADOS NO DIA 28/12/2015, AINDA ESTAMOS EM CASA SEM FAZER ABSOLUTAMENTE NADA, TIVEMOS QUE DEVOLVER O FARDAMENTO POR CONTA DE NÃO SABEREM QUANDO A NOMEAÇÃO IRÁ SAIR. É UMA FALTA DE RESPEITO COM A SOCIEDADE, POIS ENQUANTO OS NÚMEROS DE VIOLÊNCIA NA CAPITAL SÓ AUMENTA, NOSSO QUERIDO GOVERNADOR PREFERE NOS DEIXAR EM CASA SEM FAZER NADA !!

    DEIXANDO CLARO QUE SEGUNDO ELES, NÃO TEM NEM PREVISÃO DE QUANDO IRÃO COLOCAR TODOS OS FORMADOS NA RUA !!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *