NOTA DE INFORMAÇÃO: Corrigindo a informação sobre a morte do PM

errata 2
“aproveito a oportunidade para informar a tropa alguns detalhes da operação executada na Cidade de ARARI, pelo Serviço de Inteligência da PMMA, se não vejamos:

Primeiro lugar quero que saibam que a operação foi executada obedecendo todos os requisitos de legalidade, com levantamentos previamente efetuados, e todos os riscos de conhecimento das equipes envolvidas na operação, sabendo eles que os elementos eram assaltantes de banco, Homicidas e quadrilheiros; Que estavam de posse de armas semi automáticas; Que sabíamos que eram no total de três, sendo dois em uma casa e um outro em outra casa, motivo pelo qual o Diretor da DIAE escalou um número maior de policiais, no total de oito, portanto, não foi uma missão suicida.

Segundo lugar, a maior dificuldade durante a operação foi somente na segunda abordagem, onde um elemento aparentemente inofensivo, reagiu, e alvejou o nosso policial, justamente em momento de descuido, quando já estava tudo dominado. O policial Fernandes foi o primeiro a entrar no local, usando todas as técnicas que aprendeu no curso e adquiriu durante sua permanência no serviço, acima de tudo coragem na tarefa de enfrentamento; Que era um garoto novo, mais digno de elogios, e em nenhum momento recuava a qualquer missão que lhe fosse paga.

Terceiro lugar, as nossas equipes estava preparada e bem equipada com armamento pesado, por isso repito! Não houve missão suicida, e sim uma fatalidade que poderia acontecer com qualquer policial em combate. Nós irmãos policiais militares lamentamos profundamente essa perda, somente nós que estávamos na missão que socorremos Fernandes, é que sabe a dor que estávamos vivendo nesse momento. Sabendo que a única coisa que nos restou foi dá a resposta a altura. Meus sinceros pêsames a toda família do amigo Fernandes e companheiros de farda.”

COMANDANTE DA OPERAÇÃO

A Nota foi postada em todos os grupos do whtsapp dos policiais militares do Maranhão

2 thoughts on “NOTA DE INFORMAÇÃO: Corrigindo a informação sobre a morte do PM

  1. “quando já estava tudo dominado” meus queridos, como pode tudo estar dominado e um policial ser baleado? como pode estar dominado e um vagabundo de arma na mão, cade o dominio?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *