Chupando o dedo: Governo não comparece e militares fazem carreata em São Luís

chupando o dedo

Um clima de animosidade aconteceu hoje pela manhã(10/12), na Assembléia Legislativa do Maranhão. Estava prevista acontecer uma reunião da Comissão de Segurança da Assembléia com os membros do governo e militares estaduais para deliberarem sobre o cumprimento do Acordo, firmando entre o executivo e os policiais militares e bombeiros.

A reunião deveria ter acontecido ontem(09/12), contudo a pedido dos membros do governo, foi adiada para hoje devido agenda do secretariado que iriam participar, no entanto nenhum representante governista compareceu na reunião e deixaram os militares a ver navios. Apenas o Secretário de Estado, Márcio Jerry, através de uma ligação, falou com o deputado Cabo Campos, dizendo que na próxima quarta-feira(16/12) apresentará um pacote para os militares.

O certo é que através das velhas manobras políticas o governo deixou os policiais militares na mão e o clima ficou tenso entre os militares que em tom de revolta decidiram se manifestar numa carreata no qual passou pelo Comando Geral da PM e encerrou no Palácio dos Leões com discursos inflamados dos membros da associação das esposas.

Sobre o pacote do governo

O Secretário de articulação política, Marcio Jerry, disse ao deputado Cabo Campos de um possível pacote para os militares que deverá ser anunciado na data acima citada.

É muito estranho que o governo anuncie um pacote de “bondade” para os militares, sem ouvir as representações dos militares. Criou-se uma comissão composta de 2 praças, Sd Leite e Sgt BM Mendonça. Temo diversas associações da capital e do interior e nenhuma delas foram chamadas para serem ouvidas e opinaram sobre as demandas dos servidores militares.

As associações desde o começo do governo vem negociando e acreditasse que esse pacote de “bondade” seja fruto dessa luta dos representantes classistas dos militares.

É aguardar pra ver.

11 thoughts on “Chupando o dedo: Governo não comparece e militares fazem carreata em São Luís

  1. Então UM SOLDADO da PMMA, vai DETERMINAR o que é melhor para todos os círculos da PMMA?
    Para com isso Ebnilson, não subestime a inteligência dos componentes da PMMA, quer Praça PM, quer Oficial PM.

  2. A situação deve ser resolvida com a participação de todos os representantes de praças e oficiais, pois, quanto mais pessoas nas discussões, certamente ganhará mais forças as reivindicações no que tange as melhorias de condições de trabalho e salarias, pois o governo têm a favor dele a maioria dos Deputados!

  3. a nossa situação era pra estar bem melhor desde a primeira greve, só que deram pra trás e os interesses politicos sempre se sobressaram aos da categoria, muitos querendo se promover nas eleições. Enquanto for assim não vai rolar coisa boa não. O Deputado parece que tá sem força com o Governo ou existe alguma coisa por tras. Vamos torcer pra vir alguma coisa mesmo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *