Cabo Campos denuncia maus tratos a militares e se revolta com deputados

cabo-campos-r1

Por Jorge Aragão

Nesta segunda-feira (16), o deputado estadual Cabo Campos (PPS) foi a Tribuna denunciar maus tratos a alguns policiais militares. Segundo o parlamentar, esse descaso do comando da Polícia Militar do Maranhão levou o Soldado Jomar a morte, vítima de calazar.

“O Soldado Jomar foi vítima da doença chamada alcoolismo, devido a essa profissão extremamente estressante, que é a de policial militar. Sem a valorização profissional que esse militar precisava e a pressão sofrida dentro dos Quartéis, ele preferiu “arribar”. Ele não foi mais para o serviço, cometendo assim um crime de deserção. E nessa deserção, já estava aí pelas ruas perambulando, catando, inclusive até lixo. Por incentivo da família, ele se apresentou no quartel, e teria que cumprir a pena de 60 dias que é o crime de deserção. Só que Jomar, dentro ou fora da cadeia, contraiu calazar, e não teve um atendimento médico adequado e veio a óbito”, afirmou.

Já no fim do seu discurso, Cabo Campos percebeu que poucos colegas prestavam atenção no que ele dizia, pois existiam, como de costume, muitas conversas paralelas, e se revoltou com os deputados presentes.

“Estou falando aqui sobre a situação de uma morte de um militar e os deputados estão cagando e andando para os militares”, finalizou o seu discurso.

Depois de ter sido acalmado por alguns deputados, Cabo Campos retornou a Tribuna para retirar o termo utilizado, mas reafirmou a denúncia de maus tratos que o Soldado Jomar foi vítima e reclamou novamente da postura de alguns colegas deputados.

“Eu sei do cuidado, do trato que tem com o cavalo e que tem com o cachorro, com o cão, mas não estão dando o mesma tratamento ao policial militar. E talvez por ser policial militar e ter trabalhado com o soldado Jomar, tenha me excedido aqui. Eu espero que amanhã na próxima Sessão tenhamos, neste Parlamento, pelo menos o desejo e a intenção de prestar atenção naquilo que o outro fala. Porque não morreu um cachorro, não morreu cavalo, morreu foi um policial militar”, encerrou.

Além da crítica justa a desatenção no parlamento, infelizmente algo corriqueiro nos parlamentos, a denúncia de maus tratos do deputado é grave e precisa ser apurada pelo Governo Flávio Dino.

Fonte: http://www.blogdojorgearagao.com.br

2 thoughts on “Cabo Campos denuncia maus tratos a militares e se revolta com deputados

  1. Boa tarde nobre amigo! Chegamos ao meio do mês de novembro, e consequentemente nosso prazo vem se esgotando, tendo em vista que só faltam 05 (cinco) meses para o final da validade do concurso de servidores do TJMA 2011. Como as convocações não vem acontecendo, pelos problemas orçamentários que o TJ vem enfrentando, visualizamos uma saída, que seria uma nova prorrogação do concurso. Isso permitiria que o Tribunal tivesse mais tempo para executar as convocações e daria mais esperança aos aprovados que aguardam ansiosos por uma chance de ingresso no serviço público. Destacamos que não haveria prejudicados, pois não existe edital para um novo concurso, sendo assim, o Tribunal não teria gastos em realizar um novo certame, e nós passaríamos a contar com um tempo maior para futuras convocações. Estaremos postando agora de maneira semanal, e contamos com a ajuda/compreensão para que possamos utilizar seu espaço – como já temos feito nos últimos meses – para a divulgação semanal de nossa causa e possível solução! Gratos pela oportunidade!

    Segue a Lista dos aprovados dos Comissários de Justiça para São Luis-MA:

    Comarca: São Luis

    ANGELO CRUZ ALMEIDA DE SOUSA
    CAROLINA DOS SANTOS MENDONÇA LIMA
    RICARDO BRUNO BECKMAN SOARES DA CRUZ
    CAROLINE DE OLIVEIRA RABELO
    CARLOS OTÁVIO FREIRE FRANCO
    ÍTALO COELHO ALBUQUERQUE
    FERNANDO JOSÉ ANDRADE SALDANHA
    GABRIELA CARVALHO RIBEIRO
    MÁRCIO HENRIQUE ALMEIDA PORTELA
    RODOLPHO SILVA OLIVEIRA
    MÁRIO GONZAGA MATOS DOS REIS JÚNIOR
    CÁSSIA ELENE BORRALHO DOS SANTOS
    PÂMELA ALESSANDRA BORGES DE SOUSA
    LEANDRO SALDANHA DE ALBUQUERQUE
    JAMILLE BARROS CAMPELO
    HEIDY KELLEM SOUSA
    VANESSA CRISTINA RAMOS FONSÊCA DA SILVA
    DIEGO SANTA BRIGIDA CUBA
    DIEGO CARVALHO DE SOUSA
    THIAGO DE SOUSA
    DIANA DOS SANTOS TELES
    FERNANDA PROTÁSIO VERAS
    BETHANIA BELCHIOR COSTA
    PAULA CRISTIANE SALDANHA VIANA
    RAÍSSA MOREIRA LIMA MENDES
    WESCLEY PAZ SOUSA
    CARLA CHRISTINA DA SILVA ALLEN
    NEILA MARILDA SOARES MORAES
    CÁCIA SAMIRA DE SOUSA CAMPOS
    FRANCISCO LEONARDO SILVA JUNIOR
    JULIO CÉSAR NEVES SANTOS
    LUIS GUILHERME BITTENCOURT SILVA
    PATRÍCIA CASTELO BRANCO AZEVEDO
    SHIRLEYANNE DA SILVA BRITO
    WELISSON FERNANDO MORAES DE SOUSA
    WEBER DE RIBAMAR PENHA CORREA
    RAILSON CASTRO DE SOUZA
    ROGÉRIO DE LIMA REIS ARAÚJO
    SUELEN MARIA RODRIGUES SOUSA
    THAÍSA HELENA PEIXOTO CASTELO BRANCO
    MARCELO RODRIGUES ERICEIRA
    LEONARDO JOSÉ DIAS CORDEIRO
    AESKA DAMASCENO GUIMARÃES
    GLEYCIANNE ARAUJO ALVES
    GRACIELLE CRISTINA LIMA PEREIRA
    JAILSON DOS SANTOS COSTA

    Aproveitando, levantamos que, a questão da espera por convocações, não é apenas do nosso cargo – existem comissários em outras comarcas – , mas também dos Analistas, Técnicos e Auxiliares.
    Desde já, agradecemos o espaço.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *