Associação das esposas pede a saída do Comandante Geral da PMMA

associação-das-esposas1
Do Blog do MARCO AURÉLIO D’EÇA

Entidade ligada à PM pede comando “que tenha respeito pela tropa”…

Associação de esposas de militares diz em nota que o subcomandante geral, Raimundo Sá – exonerado semana passada – “teve postura de comandante sensato, em saber ouvir e dar soluções para problemas ao seu alcance”.

exclusivo2A Associação de Esposas e Familiares de Policiais e Bombeiros Militares (ASEFAPBM-MA) divulgou nota nesta segunda-feira, 21, para agradecer o apoio ao cabo Janilson Santos, preso após operação militar em uma invasão no Turu, que resultou na morte do jovem Fagner dos Santos.

A entidade considera que Janilson foi “preso injustamente”.

– Ficou claro, segundo o laudo técnico de comparação balística do ICRIM nº 2815/2015-INT/BAL, datado de 17 de agosto, que a arma que vitimou um morador daquela área, não pertencia ao policial militar – diz a nota da associação.

No documento, a ASEFAPBM-MA acusa o comando geral da PMMA de faltar com o apoio ao cabo Janilson, ao mesmo tempo em que agradece a oficiais do CIOPs (Coronel Luongo) e da USC da Vila Luizão (Capitão Felipe), além de colegas praças.

E pede publicamente a troca do comandante geral, coronel Marco Antonio Alves.

– Lutamos para que seja feita a troca do comandante geral, por este não estar correspondendo aos anseios da tropa, e por não ter o apoio das demais lideranças. Queremos um comandante presente, um comandante que lute pelos seus comandados, sendo assim, reiteramos nosso pedido a Vossa Excelência o senhor governador Flavio Dino, para que faça o troca de comando da Polícia Militar, e coloque um oficial que tenha sintonia e respeito pela tropa – diz o documento.

A Associação também manifesta apoio ao coronel Raimundo Sá – exonerado semana passada do subcomando geral – por ter tido com eles “uma postura de um comandante sensato, em saber ouvir e dar soluções para alguns problemas que estavam ao seu alcance”.

A nota da associação de familiares de praças é assinada pela sua presidente, por Josilene de Jesus Medeiros.

Fonte: http://www.marcoaureliodeca.com.br

Abaixo a nota na íntegra

NOTA DE AGRADECIMENTOS DA ASSOCIAÇÃO DAS ESPOSAS, FAMILIARES E AMIGOS DOS POLICIAIS E BOMBEIROS MILITARES- MA.
A ASEFAPBM- MA, vem por meio de nota, agradecer aos militares da 1ª USC (Unidade de Segurança Comunitária), especificamente ao Major Sauaya, comandante desta unidade, o qual deu total apoio ao Cabo Janílson, preso injustamente, diante dos fatos ocorridos na reintegração de posse do terreno pertencente à área do Sampaio Correia, na Vila Luizão, em que ficou claro, segundo o laudo técnico de comparação balística do ICRIM nº 2815/2015-INT/BAL datado de 17 (Dezessete) de agosto do corrente ano, que a arma que vitimou um morador daquela área, não pertencia ao policial militar, apoio este, que foi, e esta sendo de fundamental importância para que o militar volte ao convívio normal de sua família e do ambiente profissional, apoio este, que faltou, e ainda falta, por parte do Comando Geral da Policia Militar, e que até o momento, não manifestou nenhum apoio ao mesmo e nem a sua família.
Agradecemos também ao apoio dado ao colega pelo Coronel Luongo, Diretor do CIOPS, pois ele também deu seu apoio incondicional, assim como o Capitão Felipe, Sub Cmt da USC, aos policias militares, Sd Soraiya, Sd Barreto, Cb Ozaneide e a todos os demais companheiros da unidade, agradecemos também a Coordenadora de Segurança Comunitário da referida área, a Dn. Glória e a conselheira Delde, ao Sgt. Agnaldo e a todos aqueles que deram e continuam dando apoio ao militar e sua família, nosso muito obrigado, pois demonstraram companheirismo e profissionalismo, principalmente por parte dos comandantes supracitados.
Outrossim, manifestamos nosso apoio e agradecimentos ao Coronel Sá, por ter tido conosco uma postura de um comandante sensato em saber ouvir e dar soluções para alguns problemas que estavam ao seu alcance, é com muita tristeza que lamentamos sua saída do sub- comando da polícia militar, quando na verdade lutamos para que seja feita a troca do Comandante Geral, por este não estar correspondendo aos anseios da tropa, e por não ter o apoio das demais lideranças. Queremos um Comandante presente, um Comandante que lute pelos seus comandados, sendo assim, reiteramos nosso pedido a Vossa Excelência o Senhor Governador Flavio Dino, para que faça o troca de Comando da Polícia Militar, e coloque um oficial que tenha sintonia e respeito pela tropa.
Perguntamos, mais uma vez, porque o Comandante Geral, não mandou abrir procedimentos contra os responsáveis por comandar a operação de reintegração de posse na Vila Luizão? Cadê as responsabilidades dos oficiais superiores? Cadê a Promotoria Militar? Cadê o Comando de Policiamento Metropolitano, até onde vai sua responsabilidade? Queremos, e exigimos respostas, pois quando uma praça faz alguma coisa, de imediato se manda abrir um procedimento contra ele, e quanto a estes oficias? Nada foi feito, por isso queremos justiça, queremos saber os motivos de não terem aberto tal procedimentos, se alguém prevaricou ou não, não sabemos, é o ministério público quem terá de averiguar, o que sabemos é que o militar se encontra desamparado, sem nenhum tipo de assistencialismo por parte do Comando Geral, e os responsáveis por tamanha arbitrariedade, não foram responsabilizados. Pedimos que o representante da tropa, na assembleia legislativa, entre com representação no Ministério Público, especificamente na promotoria militar, e peça abertura de sindicância ou IPM, no Comando Geral da Polícia Militar, conforme o caso, contra os oficias superiores, a fim de averiguar tamanhas responsabilidades.
São Luis, MA 21 de setembro de 2015.
Josilene de Jesus Medeiros
Presidente da ASEFAPBM-MA

3 thoughts on “Associação das esposas pede a saída do Comandante Geral da PMMA

  1. É verdade!!!

    Foi aberto procedimento aos 02 praças. E foi muito bem feito. Foram presos, foram colocados na mídia no mesmo dia com cpf e rg. Ñ tiveram seus direitos constitucionais respeitados.

    E o cmt da operação??? Foi vítima!!
    E o superior do dia??? Foi vítima tb!!!
    É o chamado dois pesos duas medidas.
    Precisamos de um cmt geral imparcial.
    Precisamos de um cmt geral q a tropa possar confiar.

  2. demorou! já falei metade dessas palavras aqui, vamos forçar as autoridades a se manifestar pedir, exigir uma providencia não podemos ficar do jeito que esta. parabéns pelo texto esta muito esclarecido.

  3. O pior é que TODOS que comandam aderem essa caracteristica . Antes é um oficial exemplar,que todos apoiam e confiam, mais depois que assume o comando geral só pensa em beneficio próprio e esquecem completamente a tropa.
    A situação da PMMA ta ficando complicada, os comandos são sempre piores que os anteriores! Fico pensando; quando vamos ter um comando que valorize sua tropa e lute contra tudo e todos para beneficia-la?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *