Associações militares emitem nota de insatisfação contra o Comandante Geral da PMMA

foto 4 (2)

Nota das associações

As associações militares reuniram-se segunda-feira(24/08), na Associação dos Inativos, para tratarem das deliberações da categoria.

Os principais pontos elencados foram o não cumprimento do acordo assinado no final de abril pelos Secretários de Estado do Governo.

A nota fala que as entidades estão preocupada “com a condução e resfriamento das negociações com o governo do Estado”  As associações militares criticam que até o momento “nenhuma legislação acertada saiu do terreno das ideias”. Os representantes classistas alegam que o único projeto legislativo que já está em fase de conclusão é a LOB-PM(Lei de Organização Básica), que segundo a nota “poderá sofrer ingerência por parte do Comando da Instituição, que insiste na infiltração de dois coronéis em meio a nossa construção”Diz a nota.

Os líderes militares ainda criticam a postura do Comandante da PM, diante o caso de reintegração de posse da Vila Luizão. “Não bastasse isso, é preocupante e desestimulante a postura(…) do Comandante Geral da PM-MA”, com relação aos “supostos desvios de conduta por parte de militares estaduais, notadamente, praças”, afirma a nota.

Para os representantes as prisões dos cabos Monteiro e Jenilson “foram injustificadas”.

Os militares ainda aumentaram o tom, quando a nota diz que o Comandante Geral da PM, “abandonou os militares, jogando-os no Covil dos Leões”, fala a nota.

A nota em sua parte final diz que a categoria está insatisfeita com a postura do Comandante Geral da Polícia Militar e pedem uma retração pública por parte do Comandante.

(…) relatamos que a categoria está, por demais, Insatisfeita com a postura do Senhor Comandante Geral e espera do mesmo uma retratação Pública e que atue para restabelecer a imagem dos nossos companheiros que foram previamente julgados e condenados pelo Governo”.

Assinam a nota as seguintes Associações: Associação de Cabos e Soldados de Imperatriz, Associação de Bacabal, Associação de Chapadinha, Associação dos Bombeiros do Sul do Maranhão, União Militar Independente, associação das esposas e Associação de Timon.

Obs: A associação de Barra do Corda não assinou a nota.

Abaixo a nota na íntegra das associações militares .

foto 4 (2)

foto 2 (2)

foto 3 (2)

3 thoughts on “Associações militares emitem nota de insatisfação contra o Comandante Geral da PMMA

  1. na verdade esta nota e uma falta de compromisso com os militares pois a nota na verdade não diz nada, na capital tem varias suposta representantes dos militares, cadê elas assinando e participando, só os colegas do interior em peso, os da capital estão satisfeitos, cadê também o nosso representante na assembleia. só besteira esta nota não vai mudar nada, ninguém vai ouvir, precisamos voltar as ruas pra gritar pra ver se alguém ouve. e fazer alguma coisa.

  2. Essa LOB é da PMMA ou é das Praças?
    O que se define por INFILTRAÇÃO de Coronéis?
    Vocês falam em respeito, humanismo, mais na verdade o que se ver é uma guerra de vaidades, uma verdadeira cultura de Ódio aos Oficiais, como se estes fossem os responsáveis pelo descaso que SEMPRE foi dispensado às Polícias Militares do Brasil, e não só a PMMA.
    Lamentável essa postura mesquinha, e até covarde.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *