“Maranhão de todos nós” ou caça às bruxas de lideranças militares?

hqdefault

Para quem imaginou que o “Maranhão era de todos nós” parece que as coisas se inverteram.

O que se pensou em liberdade de expressão, opinião e nas mudanças das estruturas arcaicas da hierarquia militar parece que tudo foi jogado para debaixo do tapete.

As promessas de mudança e o fim do RDE(Regulamento Disciplinar do Exército) ficaram relegados ao tempo do deus dará.

As perspectivas ficaram no discurso e nas promessas políticas sem contudo se concretizarem, deixando os militares à deriva sem rumo e direção.

FATD do  Sd Leite, documento de repressão aos militares 

20150820061159

Lideranças são constantemente ameaçadas, intimidadas e perseguidas pelos donos do poder. Inquéritos militares, Sindicâncias e FATD,s( Formulário de Apuração e Transgressão Disciplinar) são as armas utilizadas pela hierarquia militar para tentar calar e amordaçar os representantes classistas.

No mês de abril, o Sargento Ebnilson, respondeu um IPM(Inquérito Policial Militar) simplesmente por falar a verdade e defender a categoria.

Agora o Soldado Alexandre Leite, responderá procedimento administrativo, por se posicionar como líder e representante de entidade militar a imprensa local de São Luís, com referência ao caso da reintegração de posse.

Ao militar foi emitido o famigerado documento FATD, que restringe e limita a liberdade de pensamento e expressão dos militares.

Esse documento funciona como um elemento de controle e intimidação para tentar calar a voz dos militares. Essa prática foi muito utilizado no governo passado. Será que se repetirá novamente? Irão perseguir nossas lideranças e negar o direito da categoria de se manifestar? Voltaremos ao tempo que o governo não era de todos nós?

Os militares de forma maciça votaram no atual governo acreditando nas mudanças, traduzindo isso em percentual cerca de mais de 90% dos policias e bombeiros militares acreditaram no governo da mudança. Será esse o preço da mudança para os militares? Com a palavra os donos do poder.

4 thoughts on ““Maranhão de todos nós” ou caça às bruxas de lideranças militares?

  1. Verdada ebnilson, não só o governo contou com o apoio de policiais e familiares, também o cmt geral que no início teve grande legitimidade junto aos praças.Digo teve no pretérito,porque percebo que o cmt geral perdeu grande parte da admiração da tropa nos dois últimos casos: o de viana e o da reintegração. Foi o primeiro a ir a imprensa condenar os policiais que ele mesmo mandou para uma reintegração sem os equipamentos necessários.Está cometendo o mesmo erros dos comandantes anteriores,se agarrando aos interesses dos políticos e esquecendo os da caserna. Por conseguinte, vai cair rapidamente igual os outros.

  2. Quem fez a merda. Não se pode condenar antes de um julgamento justo, porém, meu querido quem fizer sua merda que assuma. Uma instituição não pode pagar por um ato irresponsável e anti profissional de um cidadão desse.

  3. É lamentavel tudo isso, infelizmente nao adianta acreditar em mudança, pois os anos passam e td continua da mesma forma. É so uma questao de MASCARAS, pois AS CARAS sao iguais. E a gente ainda tenta se enganar, vivendo de ILUSOES.

  4. Atos deve ser mais lambe botas desses superiores que só são machos para as Praças, pois os políticos deitam e rolam , e eles batem continências aos seus verdadeiros donos!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *