O dilema dos excedentes do concurso da PM

excedentes da pm3

Excedentes na manifestação

Alguns excedentes do concurso da Polícia Militar procuraram o blog para fazer suas reclamações com relação a convocação.

Entenda o caso

Nas últimas semanas, o governo do Estado, autorizou a convocação de mais de 1600 candidatos para realização do TAF(Teste de Aptidão Física). Esses candidatos, já estão nessa labuta a pelo menos 3 anos. O concurso foi um dos maiores na história da Polícia Militar, contudo foi o mais desorganizado da história. No decorrer do certame aconteceram inúmeras situações: A prisão de fraudadores, erros grotescos no edital, ações na justiça, reprovações em massa, manifestações dos candidatos, formação de grupos de aprovados, reuniões e reuniões com todos os envolvidos e muita confusão e falta de informação.

O governo, Flávio Dino, deverá com essa nova chamada atingir o número de 2600 candidatos nesses últimos 6 meses. O número de candidatos chegam em média a 14 mil.

A nova convocação prometida pelo executivo será de 1638 candidatos. Serão chamados para São Luís os excedentes que obtiveram a pontuação de 31 pontos, ficando de fora os demais candidatos. Isso estou me referindo somente em São Luís, por que os candidatos nos repassaram as informações.

O problema é que os outros candidatos, principalmente aqueles que estão com 30 pontos, estão revoltados com a situação. Para eles, que já almejavam entrar na Corporação, o sonho pode está cada vez mais distante. Segundo esses candidatos, não acreditam numa outra convocação. “ Nós temos certeza que essa será a última chamada, mesmo por que o concurso já vai encerrar no início do próximo ano de 2016”, disse um dos candidatos ao blog.

As informações que vamos fundamentar está baseada nos depoimentos de alguns candidatos de São Luís. Então vejamos:

O blog foi informado que no CFAP(Centro de Informação e Aproveito de Praças) da PMMA, onde está sendo realizado o curso de formação de soldados(CFSD) 2015, há um total de 366 alunos, sendo que para a Região Metropolitana de São Luís tem somente 128 alunos. Segundo eles, disseram que tem candidatos convocados e sub judice que estão nesse quantitativo.

Para Ilha de São Luís, na última convocação, foram chamados 478 candidatos e desses somente 128 conseguiram passar em todas as etapas e estão fazendo o CFSD.

A revolta desses candidatos de 30 pontos é que esperavam que o governo pudessem fazer uma convocação de pelos menos 2000 excedentes e assim eles seriam contemplados.

Eles informaram o blog que nesta próxima convocação, ainda sem uma data definida, será chamados 350 excedentes de 31 pontos para São Luís. Os que possuem 30 pontos são em torno de 414 candidatos.

Os candidatos de certa forma tem razão. Está em andamento o curso de formação que levará em média 6 meses, provavelmente entre setembro e outubro os alunos soldados deverão passar a pronta, ou se formarem.

Essa nova convocação deverá em média durar no mínimo 3 meses, levando em conta o TAF, a entrega dos exames e as documentações. A primeira turma deverá se formar nos meses acima citado. Já a segunda, com certeza deverá acontecer no próximo ano.

O medo dos candidatos é que não aconteça outra convocação e o governo encerre o concurso em 2016. Todavia, nada impede do executivo fazer uma nova convocação durante a realização dessas etapas e até mesmo antes de encerrar o prazo de validação do certame.

O blog vai tentar marcar uma entrevista com o Secretário Filipe Camarão para que ele possa explicar todos esses detalhes. Aguardem.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *