Caso Vitória do Mearim: Agora ninguém sabia depois que a M… fedeu

charge2009-violenciaxturismo

Depois que o pinto caiu na fedentina, todo mundo tirou o C…da reta. A linguagem é coloquial mesma e fora da norma culta, todavia esse é o retrato de quando as coisas apertam todo mundo sai pela tangente, deixando o veneno para os pequenos se f… Agora ninguém sabia.

Até parece que “bate pau” não faz parte da rotina dos serviços policiais em todo o Estado. Como já dissemos é muito comum, nas cidades pequenas o carcereiro, o vigilante, o zelador, o faxineiro e toda sorte de pessoas civis darem suporte aos policiais maranhense, basta fazer uma pequena visita nos rincões do Estado para constatar essa realidade.

Não vou longe, quem não se lembram daqueles patrulhamentos na época de um certo Ex-Comandante Geral da PMMA, no qual no seu desastroso comando, alugou diversas vans para fazer o policiamento na região metropolitana de São Luís, geralmente esses policiamentos aconteciam durante a noite de sexta a domingo.

Não adiante negarem, não foi coisa que ouvi dizer, participei de diversos patrulhamento desses e sou testemunha ocular. Mais o que isso tem haver? Justamente, as vans eram descaracterizas e pilotada por motoristas civis. Todo mundo sabia se desse M… o pau ia rolar na cabeça do Comandante Geral que era o único responsável por essa ilegalidade.

Quem nunca viu civis nos DPM,s fazendo as vezes do Policial Militar? Essas pessoas mandam e desmandam com se policial fossem. O caso do vigilante assassino é só mais um caso entre muitos.

Toda essa problemática acontece pela falta de efetivo nas cidades interioranas. Só para termos uma ideia da deficiência de policiais militares, na cidade de São Roberto há somente um PM que é auxiliado por Guarda Municipais.  A população conforme o senso do IBGE de 2010, consta de aproximadamente de 5957 habitantes. Esse é só um exemplo de como anda a Segurança Pública no Maranhão, claro que esse pipino são de gestões anteriores que nunca se preocuparam em investir de fato na Segurança do Maranhão.

No governo Roseana, a única coisa que foi realizado para segurança Pública ao longo de sua gestão foi  a compra de viaturas; até as 4 mil armas adqueridas para Corporação foram doadas pela PM de São Paulo. Como pode uma coisa dessa?

O problema é muito mais profundo quanto se imagina.

É necessário que as pessoas assumam suas responsabilidades e tomem vergonha na cara para não se eximirem de suas culpas.

Não estou dizendo que os policiais são inocentes ou culpados de todo o contexto. O vídeo mostra categoricamente que eles chegaram após a execução. As demais situações da ocorrência e seu desfecho ficará por conta da conclusão das investigações.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *